Fausto Martin De Sanctis

É Desembargador Federal no Tribunal Regional Federal da 3ª Região. Antes, foi Juiz de Direito em São Paulo (de 1990 a 1991), Procurador do Município de São Paulo, e Procurador do Estado de São Paulo, na área da Defensoria Pública. Foi professor da Universidade São Judas Tadeu por 12 anos.

É Ouvidor-Geral da Justiça Federal da 3ª Região e Supervisor do Grupo de Fiscalização e Monitoramento do Sistema Penitenciário Federal.À frente da 6ª Vara Criminal em São Paulo, especializada em Lavagem de Dinheiro e crimes financeiros, por vinte anos, julgou casos complexos.

Fausto Martin De Sanctis

Pioneiro na venda antecipada de bens, na realização de delações premiadas, servindo de base para regulamentação da lei, na destinação de recursos a entidades filantrópicas recebidos em delações (como forma de indenização à sociedade e mostra de arrependimento), na doação de obras de arte para entidades culturais e destinação a praças públicas, no procedimento adotado de interceptação telefônicas, adotado pela legislação posterior.

Doutor em Direito Penal pela USP e Especialista em Processo Civil pela UnB.Membro do Conselho Consultivo da Associação Internacional de Gestão de Cortes de Justiça – IACA.Membro do Conselho Consultivo da American University para Programas de Estudos Jurídicos Brasil – EUA.

Membro da Comunidade de Juristas de Língua Portuguesa.Recebeu distinção honrosa da New York State Bar Association – NYSBA por ter sido considerado o magistrado-precursor das decisões atinentes à prevenção e ao combate da corrupção e da lavagem de dinheiro no Brasil (2016). Também no Brasil.

Indicado por seus pares em lista da AJUFE para ocupar vaga no STF em 2010, 2014 e 2017. Seu nome figurou em lista subscrita por juristas, dentre eles, Miguel Reale Júnior, Modesto Carvalhosa e Hélio Bicudo, e por 49 entidades de classe e movimentos organizados para o mesmo fim em 25.01.2017.

Possui 30 obras publicadas no Brasil e no exterior, além de artigos diversos, destacando-se:

  • Technology – Enhanced Methods of Money Laundering – Internet as Criminal Means (Springer/ 2019);
  • International Money Laundering Through Real Estate and Agribusiness. A Criminal Justice Perspective from the ‘Panama Papers’ (Springer/2017);
  • Delinquência Econômica e Financeira (Forense/2015) e Money Laundering through Art: A Criminal Justice Perspective (Springer/2013).Tem proferido palestras no Brasil (entidades públicas e privadas) e no exterior.

© 2014 - 2019 - Todos os direitos reservados - CBPJ Congresso Brasileiro Sobre Polícia Judiciária