ANEXO II – EDITAL PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS – VI CBPJ

MODELO DE FORMATAÇÃO DE ARTIGO

O modelo fundamentado na norma de referência: ABNT NBR 14724:2011, NBR 6023:2002 e NBR 10520 deverá auxiliar os autores sobre o formato a ser utilizado nos artigos submetidos ao VI CBPJ – 2019, assim, serve de referência, ao mesmo tempo em que comenta os diversos aspectos da formatação. Observe as instruções e formate seu artigo de acordo com este padrão. Artigos fora da formatação serão retirados do processo de avaliação.

OS ARTIGOS deverão atender as seguintes exigências:

  • 1°. Indicação do GT a que será submetido
  • 2°. TÍTULO: centralizado, fonte Arial, tamanho 14, negrito, letras em caixa alta, espaçamento entre linhas 1,5, respeitando o máximo de 20 palavras.
  • NOME DO AUTOR E COAUTOR (SE HOUVER): após dois espaços a contar do título, alinhado à direita da margem, fonte Arial, tamanho 12, itálico, espaçamento entre linhas 1,5, apresentado na nota de roda pé, a indicação de graduando, seguido pelo e-mail.
  • NOME DO PROFESSOR-ORIENTADOR: abaixo da indicação de autor e co-autor, alinhado também à direita da margem, fonte Arial tamanho 12, itálico, espaçamento entre linhas 1,5, seguido pela titulação, nome da IES e email.
  • RESUMO: após dois espaços a contar do nome do professor-orientador; com um número de 200 a 250 palavras; texto justificado; fonte Arial, tamanho 12, normal, espaçamento simples entrelinhas, sem recuo de parágrafo, também devendo conter imediatamente em seguida das palavras-chave, o abstract e Keywords:
  • PALAVRAS-CHAVE: após um espaço a contar do texto dos resultados e discussões; três palavras-chave; separadas por ponto; texto justificado; fonte Arial, tamanho 12, normal, espaçamento entre linhas 1,5.
  • INTRODUÇÃO: A introdução deve apresentar uma contextualização do tema escolhido, situando o leitor sobre uma visão geral do trabalho, deixando claro a relevância da pesquisa, o problema de pesquisa e a justificativa correspondente, as hipóteses de pesquisa podem ser optativas, porém os objetivos do trabalho devem esta expressos de forma explícita, apresentando uma dimensão do que foi proposto para o desenvolvimento da pesquisa.
  • FORMATAÇÃO GERAL: Deverão ser enviados dois arquivos, um contendo texto completo, e outro apresentando apenas o corpo do artigo. Portanto, ele não deve conter Autores, sendo assim, os dados de autoria do arquivo devem estar em branco e relatadas no corpo do e-mail, juntamente com o mini curriculum dos autores. Tabelas poderão ser tratadas como figuras, para não contar palavras, mas a qualidade das mesmas é de sua responsabilidade. Procure tratar imagens e tabelas para que não deixem seu arquivo grande.

As margens devem ser de 3,0 cm superior e esquerda e 2,0 cm inferior e direita. O tamanho de página deve ser A4, impreterivelmente.

O artigo deve ser escrito no formato do programa Microsoft Word 2003 ou superior. Atenção: Palavras de língua estrangeira devem ser escritas em itálico.

  • TÍTULOS DAS SEÇÕES: Os títulos das seções do trabalho devem ser posicionados à esquerda, em negrito, numerados com algarismos arábicos (1, 2, 3, etc.) e somente com a primeira inicial maiúscula. Deve-se utilizar texto com fonte Arial, tamanho 12, em negrito. Não coloque ponto final nos títulos.
  • SUBTÍTULOS DAS SEÇÕES: Os subtítulos das seções do trabalho devem ser posicionados à esquerda, em negrito, numerados com algarismos arábicos em subtítulos (1.1, 1.2, 1.3, etc.) e somente com a primeira inicial maiúscula. Deve-se utilizar texto com fonte Arial, tamanho 12, em negrito.
  • CORPO DO TEXTO: O corpo do texto deve iniciar imediatamente abaixo do título ou subtítulo das sessões. O corpo de texto utiliza fonte tipo Arial, tamanho 12, justificado na direita e esquerda, com espaçamento 1,5 entre as linhas. O corpo de texto também utiliza um espaçamento de 6 pontos depois de cada parágrafo, exatamente como este parágrafo.

Notas de rodapé: não devem ser utilizadas notas de rodapé.

  • FORMATAÇÃO DE ILUSTRAÇÕES: As ilustrações devem possuir títulos (cabeçalhos) localizados na parte superior antecedidos da palavra que o designa (tabela, figura, esquema, fluxograma, imagem, etc.), seguidos do número de ordem de ocorrência no texto, em algarismos arábicos e travessão, que serve para separação do título.

    As fontes consultadas são obrigatórias, mesmo que seja de produção do próprio autor, devem estar localizadas na parte inferior contendo notas e outras informações necessárias à sua compreensão (caso aplicável). Essas ilustrações, bem como seus respectivos títulos e fontes consultadas, devem ser centralizadas na página Deve-se utilizar fonte Arial, tamanho 10, centralizada e não levam ponto final.
  • METODOLOGIA: deve ser apresentado criteriosamente os métodos e as técnicas utilizadas na pesquisa.
  • RESULTADOS E DISCUSSÕES: Neste item o número de caracteres esta livre respeitando o total de laudas estabelecidas, podendo ser apresentado, Figuras, Gráficos, Tabelas e Quadros, respeitando normas vigentes da ABNT.
  • CONSIDERAÇÕES FINAIS: Deve ser apresentada as considerações finais respondendo o problema da pesquisa, os objetivos e hipóteses (quando utilizadas); recomenda-se também que nas conclusões sejam apresentadas as principais contribuições, as recomendações para a pesquisa e sugestões para uma futura pesquisa.
  • REFERÊNCIAS: As referências devem respeitar as normas vigentes na ABNT. A citação de autores ao longo do texto é feita em letras minúsculas, enquanto que a citação de autores entre parêntese ao final do parágrafo deve ser feita em letra maiúscula.

    Para as referências, ao final do artigo, deve-se utilizar texto com fonte Arial, tamanho 10, separadas entre si por um espaço simples em branco, exatamente conforme aparece nas referências aleatórias incluídas a seguir. Diferentemente deste exemplo ilustrativo, somente autores usados no texto devem ser citados nas referências e as referências devem conter todos os autores citados no texto. Devendo aparecer em ordem alfabética e não devem ser numeradas. As referências são alinhadas somente à margem esquerda do texto e de forma a identificar o documento, separadas por espaços simples. Vê-se dicas de citação e referências.

REFERÊNCIAS

Um, Dois ou três autores

REBELLO FILHO, Wanderley; BERNARDO, Christiane. Guia prático de Direito Ambiental. Rio de Janeiro: Lúmen Júris, 1998.

Mais de três autores

URANI, Alda et al. A casa de engenho. São Paulo: Abril, 1992.

Organizadores (org.), coordenadores (coord.), editores (4d.)

PRADO, Luiz Regis (Coord.) Responsabilidade penal da pessoa jurídica: em defesa do princípio da imputação penal subjetiva. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2001.

Autor Repeditdo

ROBBINS, Stephen P. Administração: mudanças e perspectivas. São Paulo: Saraiva, 2000. __. Comportamento Organizacional. 8 ed. Rio de Janeiro: LTC, 1998.

Capítulo de Livro

FREITAS, Alexandre Borges de. Traços brasileiros para uma análise organizacional. In: MOTTA, Fernando C. P.; CALDAS, Miguel P. (Org.). Cultura organizacional e cultura brasileira. São Paulo: Atlas, 1997.

Trabalhos Acadêmicos, dissertações e teses

AMARAL NETO. Francisco dos Santos. Da irretroatividade da condição no direito civil brasileiro. 1981. 383 f. Tese (Doutorado em Direito) – Faculdade de Direito, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1981.

Trabalhos apresentados em eventos

QUINTELLA, Heitor M. Cultura de Negócios: nova perspectiva dos estudos sobre o comportamento organizacional, estudo de caso em duas emissoras de TV educativa. IN: ENCONTRO DA ANPAD, 25, 2001, Campinas. Resumo dos Trabalhos. Campinas: [s.n.], 2001.

Obra sem autoria

EDUCAÇÃO formal: entre o comunitarismo e o universalismo. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1996.

Publicações Periódicas (revistas e jornais)

PANZUTTI, Nilce. Impureza e perigo para povos de florestas. Ambiente e sociedade, Campinas, ano 2, n. 5, p. 69-77, jul./dez. 1999.

Evento como um todo em meio eletrônico

CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFPE, 1996, Recife. Anais eletrônicos (Título dos anais). Recife: UFPE, 1996. Disponível em: <5d55://www.propesq.ufpe.br/anais/anais.htm>. Acesso em: 21 jan. 1997.

Documentos Eletrônicos

ALVES, Maria Leila. O papel equalizador do regime de colaboração estado/município na política de alfabetização. 1990. 283 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade de Campinas, Campinas, 1990. Disponível em: <5d55:5d5.inep.gov.br/cibec/bbe-online/.>. Acesso em: 28 ago. 2012.

Documento jurídico

Legislação

BRASIL. Medida provisória no 1.569-9, de 11 de dezembro de 1997. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 14 dez. 1997. Seção 1, p. 29514.

BRASIL. Código civil. Organização dos textos, notas remissivas e índices por Juarez de Oliveira. 46 ed. São Paulo: Saraiva, 1995.

Jurisprudência

BRASIL. Superior Tribunal de Justiça. Habeas-corpus no 181.636-1, da 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, Brasília, DF, 6 de dezembro de 1994. Lex: jurisprudência do STJ e Tribunais Regionais Federais, São Paulo, v. 10, n. 103, p. 236-240, mar. 1998.

Doutrina

BARROS, Raimundo Gomes de. Ministério Público: sua legitimação frente ao Código do Consumidor. Revista Trimestral deJurisprudência dos Estados, São Paulo, v. 19, n. 139, p. 53-72, ago. 1995.




MODELO: ARTIGO CIENTÍFICO


GT: POLÍCIA JUDICIÁRIA, RELAÇÕES INTERINSTITUCIONAIS E ADMINISTRAÇÃO DA JUSTIÇA;

ADMINISTRAÇÃO DA JUSTIÇA: Relações Interinstitucionais

Autor:1
Co-autor:2
Professor orientador:3

Resumo

Palavras-chave: Polícia Judiciária. Relações Interinstitucionais. Administração da Justiça.

Abstract

Keywords

1. Introdução

2. Metodologia

3. Resultados e discussões

Considerações Finais

Referências

_______________________

1 Graduando no curso de bacharelado em direito pelas faculdades… E-mail.
2 Idem.
3 Mestre em Direito

© 2014 - 2019 - Todos os direitos reservados - CBPJ Congresso Brasileiro Sobre Polícia Judiciária